quinta-feira, 5 de julho de 2012

Traficantes Presos Helicóptero | Acopiara | Polícia Federal Ceará


Quadrilha é presa quando jogava cocaína de helicóptero em Acopiara no CE
Oito traficantes foram presos e 187 quilos de cocaína foram apreendidos.
Operação realizada em Acopiara apreendeu ainda R$ 26 mil com os traficantes.

video

Uma operação da Polícia Federal com apoio da Polícia Militar prendeu nesta quarta-feira (04/07/2012) oito traficantes de drogas e apreendeu 187 quilos de cocaína pura que estava sendo jogada por um helicóptero em Acopiara, a 345 km de Fortaleza, segundo o Coronel Hervano Macedo, do Comando de Policiamento do Interior. Os traficantes foram levados para a delegacia regional de Iguatu, onde o flagrante será conduzido pela Polícia Federal.

De acordo com Macedo, a Polícia Federal estava investigando a quadrilha de tráfico de drogas há cerca de três meses e pediu o apoio da Polícia Militar para a captura dos traficantes. Na tarde desta quarta-feira (04/07/2012), a polícia prendeu em flagrante cinco homens que recebiam a droga que era jogada por um helicóptero na zona rural de Acopiara.

Os suspeitos que estavam no helicóptero foram perseguidos pela Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer), mas acabaram fugindo e sendo capturados em Picos, no Piauí, onde o helicóptero pousou."Os que estavam no helicóptero fugiram, apesar de terem sido perseguidos pelo Cioaper. Mantivemos contato com as polícias de Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Piauí para colocar policiamento aguardando nos areoportos", explicou o coronel.

Três traficantes que estavam no helicóptero foram presos, sem apresentar reação. Com eles, foram apreendidos R$ 26 mil. Coronel Macedo explicou que a investigação é da Polícia Federal, mas que a polícia trabalha com a hipótese de que a droga vinha de São Paulo.


O comandante do CPI não soube informar quantos homens da Polícia Federal estavam na operação, mas disse que eram 50 policiais militares investidos na ação, sendo 30 da Polícia Militar de Iguatu, oito do CPI, oito do Batalhão de Choque e quatro do Ciopaer. De acordo com ele, oito policiais do Piauí prenderam os suspeitos.

Os traficantes devem ser enquadrados em formação de quadrilha e tráfico de entorpecentes, segundo o coronel. A pena prevista para formação de quadrilha é de um a três anos de reclusão. Já a pena prevista para tráfico de drogas é de cinco a 15 anos de reclusão.

Fonte: G1 - Ceará

Operação da PF em Acopiara prende traficantes e apreende 225 quilos de cocaína

A Polícia Federal apreendeu no final da tarde desta quarta-feira (04/07/2012), em Acopiara, cerca de 225 quilos de cocaína, que foi deixada por um helicóptero, durante um voo rasante numa localidade da zona rural do município.

Cinco homens ao tentarem pegar a droga, acabaram sendo presos. Três deles são do município de Acopiara, um do Espírito Santo e outro do Estado do Paraná.

De acordo com a polícia, logo após se desfazerem da droga, três elementos empreenderam fuga na aeronave, e foram perseguidos por um helicóptero do Ciopaer até a cidade de Picos, no interior do Piauí, onde foram presos. Além da droga a polícia ainda apreendeu a quantia de R$ 26 mil dentro da aeronave.

A operação foi comandada pelo Delegado Federal Yuri Dantas. Os acusados foram levados para a Delegacia Regional de Polícia Civil de Iguatu, e vão responder pelos crimes de tráfico de drogas e formação de quadrilha.

Fonte: Iguatu Notícias

Operação da PF em Acopiara prende traficantes e apreende 225 quilos de cocaína

A Polícia Federal apreendeu no final da tarde desta quarta-feira (04/07/2012), em Acopiara, cerca de 225 quilos de cocaína, que foi deixada por um helicóptero, durante um voo rasante numa localidade ainda não informada pela polícia.

Também foram presos cinco elementos, sendo três do município de Acopiara/CE, um do Espírito Santo e outro do estado do Paraná.

De acordo com a polícia, logo após se desfazerem da droga, os elementos empreenderam fuga, e foram perseguidos por um helicóptero do Ciopaer até a cidade de Picos, no interior do Piauí, onde foram presos.

A operação foi comandada pelo delegado federal, Yuri Dantas. Os acusados foram levados para a Delegacia Regional de Polícia Civil de Iguatu, e vão responder pelos crimes de tráfico de drogas e formação de quadrilha.

Fonte: Ceará em Rede

Antes de ser preso, acusado de tráfico tirou foto com cocaína em helicóptero

Na manhã de ontem (4/07/2012), horas antes de ser preso, um dos tripulantes do helicóptero usado no transporte de 200 kg de cocaína posou para foto, dentro da aeronave, junto com os pacotes da droga, dispostos ao chão. O helicóptero cumpriu uma extensa rota antes de ser interceptado pela polícia em Picos. Só nos últimos dois dias, ele passou pelos estados de Mato Grosso, Tocantins, Bahia, Ceará e Piauí, possivelmente entregando carregamentos de cocaína.

Os três homens que estavam a bordo da aeronave foram presos, acusados de tráfico de drogas. A foto foi tirada durante uma parada do helicóptero para reabastecer e foi encontrada pela polícia num tablet em poder dos acusados. "Essa foto foi tirada ontem, por volta das 9 horas, possivelmente, em Bom Jesus (PI)", disse o coronel Wagner Torres, comandante do 4° Batalhão da Polícia Militar, que coordenou a operação em Picos.

A foto encontrada num tablet em poder dos acusados; ao chão, os pacotes com 200 kg de cocaína

Se a foto foi mesmo tirada em Bom Jesus, o helicóptero carregado de cocaína passou pelo Piauí também antes de despejar a droga em Iguatu, no Ceará, aproximadamente 9 horas antes do cerco da polícia. O coronel Torres conta o que ouviu dos presos. "Eles deixaram os sacos próximos, numa área deserta, foram abastecer e retornaram para pegar", relatou.

O homem que aparece na foto é Felipe Ramos Moraes, 25 anos. Ele foi preso junto com Alexandro de Oliveira Pinho, vulgo "Alemão", 33 anos; e José Tadeu dos Santos, 52 anos. Todos são naturais da cidade de São Paulo (SP).

Os presos, Alexandro, Felipe e José Tadeu (da esquerda para direita)

Segundo o coronel Torres, Felipe disse à PM que é o dono do helicóptero e que possui ainda outra aeronave. "Ele disse que o helicóptero foi fretado; não confessa o crime. Diz que não sabia do que se tratava, atribui aos outros, mas, além da foto, tem mais coisas que complicam ele, que não podemos falar agora", afirmou.

O trio foi conduzido para a Delegacia Regional de Iguatu, na madrugada de hoje (05/07/2012), por volta das 5 horas. O recambiamento foi supervisionado por um comandante da polícia cearense, o coronel Macedo. Somente um dos presos, José Tadeu, já tinha passagem pela polícia, por um homicídio ocorrido em Belo Horizonte (MG).

A PM calcula que os 200 kg de cocaína estejam avaliados em R$ 2,2 milhões. Refinada e transformada em crack, a droga renderia R$ 15 milhões.

Além do tablet, foram apreendidos, na aeronave: 5 celulares, 1 notebook, R$ 29.677 em espécie, R$ 12.263 em cheque e 9 cartões de crédito.

Fonte: Blog Guarda Noturno

Helicóptero que pousou em praça de pedágio é apreendido com 200 kg de drogas

O helicóptero que pousou no final de maio na praça de pedágio da PR 317 em Floresta (a 30 km de Maringá), foi apreendido na noite desta quarta-feira (5/07/2012) no Ceará, em uma operação das Polícias Militar e Federal, por estar lançando drogas em um matagal na zona rural da cidade de Acopiara. Oito pessoas foram presas e cerca de 200 kg de cocaína foram apreendidos.O helicóptero, de prefixo PR-HDA, teria feito um voo a baixa altitude na zona rural de Acopiara, quando os tripulantes aproveitaram para lançar diversos pacotes da aeronave. Nos pacotes, segundo a polícia, havia cocaína pura. O grupo vinha sendo investigado pela Polícia Federal há cerca de três meses e foi montado um cerco, inclusive com uso de helicópteros, para capturar os traficantes.

Um paranaense foi preso na operação. Segundo a polícia, trata-se de Derci Guelci Malheiros, de Colorado. O chefe da quadrilha, o cearense Marcílio Alves Feitosa, também foi detido, juntamente com o irmão dele, Cícero Alves Feitosa.

Pouso estranho

O pouso do helicóptero na praça de pedágio de Floresta chamou a atenção tanto pelo inusitado da situação quanto por uma informação que foi repassada pelo piloto e depois desmentida por autoridades. Segundo a concessionária Viapar, o piloto se identificou como sendo militar e que a aeronave seria do Exército, informação que foi negada por autoridades das Forças Armadas.

O helicóptero é licenciado no Paraná.

Assista o vídeo com o momento do pouso do helicóptero na praça de pedágio de Floresta clicando aqui.

Cerco aéreo e terrestre: Apreendida cocaína jogada de helicóptero em Acopiara

Cerca de 200 quilos da droga foram lançados pela aeronave em um sítio, em Acopiara/CE. O bando acabou preso

Numa ação policial cinematográfica, com direito a tiroteio, cerco e perseguição interestadual por terra e pelo ar, as polícias Militar e Federal do Ceará e Piauí capturaram, na noite de ontem (04/07/2012), uma quadrilha de traficantes de drogas nos dois Estados e apreenderam um volume recorde de aproximadamente 200 quilos de cocaína, lançados de um helicóptero em um matagal na zona rural de Acopiara (345Km de Fortaleza). Oito pessoas estão presas e a aeronave dos criminosos apreendida na cidade de Picos (PI).

Segundo o comandante do Policiamento do Interior, da PM cearense, coronel Hervânio Macedo Júnior, no fim da tarde de ontem, a PF pediu o apoio da Polícia Militar em Iguatu, o 10º BPM (a 384Km da Capital), para o cerco aos traficantes. Havia a informação de que o bando chegaria de helicóptero ao vizinho Município de Acopiara com um grande carregamento de cocaína. A droga era procedente de São Paulo e iria abastecer várias cidades do Ceará e do Piauí.

Fuga

O cerco policial ocorreu por volta de 18 horas, quando um helicóptero branco, de prefixo PR-HDA, licenciado no Paraná, fez um voo rasante no Sítio Córrego, na zona rural de Acopiara, e seus tripulantes jogaram do alto dezenas de pacotes contento cocaína pura. A manobra da aeronave foi rápida, assim como o cerco da PF e PM. No momento em que a aeronave deixou o local, outros dois helicópteros, sendo um da Polícia Federal e outro da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) iniciaram a perseguição no ar.

Em terra, os agentes federais e o efetivo do 10º BPM, sob o comando do major Natanael Cavalcante, prenderam cinco membros da quadrilha. Entre os capturados está o homem apontado como chefe da quadrilha, o cearense Marcílio Alves Feitosa, que havia saído de um presídio nesta Capital na semana passada. Ele é tido como de alta periculosidade e responsável por crimes de tráfico interestadual de drogas, assaltos a bancos e carros-fortes.

Junto com Marcílio Feitosa foi preso, em Acopiara, o irmão dele, Cícero Alves Feitosa; além de outros três homens identificados como Aurino Patrício do Nascimento (também cearense), Derci Guelci Malheiros, de Colorano, Paraná; e Fernando Dizzi, de Linhares, Espírito Santo.

Perseguição

Com parte da quadrilha já capturada no Ceará e a droga apreendida, a preocupação das autoridades foi não permitir que o restante do bando conseguisse escapar no helicóptero. As aeronaves da PF e da Ciopaer prosseguiram na perseguição ao aparelho ocupado pelos traficantes e forçou o pouso dele no aeroporto da cidade de Picos (PI), onde mais três pessoas acabaram sendo detidas. Seus nomes não foram ainda revelados pelas autoridades.

Foi a maior apreensão de cocaína no Nordeste nos últimos dois anos, segundo a Polícia Federal. A droga, oriunda de São Paulo, teria sido ´encomendada´ por Marcílio Alves Feitosa.

Em Fortaleza, a operação foi acompanhada pessoalmente pelo secretário da Segurança Pública e Defesa Social, coronel Francisco José Bezerra; e pelo comandante-geral da PM, coronel Werisleik Pontes Matias.

Conforme o comandante do CPI, coronel Macedo, o cerco aos criminosos teve êxito graças à integração das policias de todo o Nordeste através da operação ´Divisas Seguras´.

Fonte: Mais FM
video

Nenhum comentário: